Network Decoração Arquitetura Construção

Piso epóxi em casas – o porcelanato líquido! Saiba tudo sobre essa novidade e veja ambientes decorados!



Vocês já ouviram falar em piso epóxi?!
Se ainda não com certeza ouvirão falar muito daqui pra frente, pois seu uso está cada vez mais crescente na decoração de interiores!
Trata-se de um plástico termofixo que endurece quando se mistura com um agente catalisador ou endurecedor, chamado de resina epóxi (ou poliepóxido).
É um material de grande durabilidade, super impermeável e muito resistente à abrasão.
A resina epóxi surgiu como revestimento para ambientes de tráfego muito intenso como fábricas, hospitais, quadras esportivas, estacionamentos...



No entanto, seu aspecto perfeitamente liso, contínuo (sem juntas de dilatação), sem fissuras e com alto brilho – conhecido também como porcelanato líquido (o que acham?), caiu nas graças de arquitetos e designers de interiores.
E, além de tudo isso, é de fácil limpeza (apenas pano úmido e detergente), possui infinitas cores e desenhos (os tons claros são os mais usados em residências) e pode ser aplicado sobre diversos materiais/pisos como: concreto, contra piso (depois do período de cura de 28 dias), cimento queimado, assoalho de madeira, azulejo, cerâmica, pedras em geral (mármore, granito, ardósia...) e até metal!


A aplicação do produto atualmente pode ser feita de várias formas, já que existe diferentes tipo de resinas (autonivelante, espatulado...) e vale lembrar que deve ser feita por um profissional capacitado!
O produto é comercializado por metro quadrado em forma de um líquido pastoso e de rápida cura que ao secar apresenta uma superfície uniforme, impermeável, fina (cerca de 3mm de espessura) e muito resistente podendo ser usado em ambientes internos (banheiros, cozinhas, salas...) e externos (garagens..).
Para manutenção de desgaste temporal é indicado uma nova aplicação.
Por se tratar de um material que a princípio era comercializado somente para empresas e com uma área mínima considerável, fez com que ele fosse usado inicialmente na decoração de interiores em casas de grande porte/padrão, porém hoje com a crescente demanda e tecnologia é uma realidade que vem mudando.
O resultado final é um piso sem emendas e fissuras, resistente e de fácil manutenção, com um acabamento liso e de alto brilho – perfeito para quem deseja essas características aliadas principalmente aos estilos: rústico, industrial e moderno!

Confira agora diversos ambientes com piso epóxi!

Sala de estar e jantar com estilo clássico/contemporâneo e com piso epóxi claro. Projeto: Hellen Pacheco

O epóxi concreto é uma resina que reproduz o efeito do cimento queimado, incluindo suas nuances, porém sem adição de cimento, o que evita trincas e dispensa juntas de dilatação. Projeto: House in Rio.

Sala de estar e jantar com piso epóxi branco ( Delta Pisos). Projeto: Francisco Spadoni.

Sala de tv com piso epóxi. Projeto: Guilherme Mendes da Rocha.

Cozinha com piso epóxi. Projeto: Guilherme Mendes da Rocha.

Sala com piso epóxi. Detalhe para a parede de tijolinhos aparentes que reforça a atmosfera rustica/industrial do ambiente. Projeto: Anne Sophie Goneau

Cozinha com piso epóxi branco. Notem que não possui nada de emendas/juntas! Projeto: Anne Sophie Goneau

Banheiro com piso epóxi branco, inclusive na área do box. Projeto: Anne Sophie Goneau


Fotos: Divulgação; Google Imagens (+ info)

O preço do piso epóxi depende de vários fatores (do piso anterior que definirá a espessura...) e, por isso deve ser avaliado por uma empresa/profissional especializado. Mas é algo a partir de R$130,00 o metro quadrado consultado aqui (o Decor Salteado reservar-se o direito apenas de mencionar o local consultado, sem vínculo/responsabilidade alguma).


E aí, o que vocês acharam do piso epóxi?! Já tinham visto em algum decor?!

Confiram sobre a tinta epóxi - que vem sendo muito usada em ambientes úmidos (cozinha, banheiro, lavanderia) no lugar dos azulejos!

Curta a fanpage e acompanhe o instagram e fique por dentro de muito mais novidades!

8 comentários:

  1. Em termos de custos, vale a pena?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Maria Eugenia!
      Em termos de custos não foge muito do porcelanato - cerca de R$130,00 o metro quadrado, mas tudo é questão de gosto e necessidade também, né?!
      Beijos,
      Grazi

      Excluir
  2. Muito legal Grazi! Só de pensar em uma casa sem rejunte é um sonho! Será que daqui um tempo terá mais cores e texturas? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Caren!
      Ah é verdade! rs
      Sim, cores já tem bastante disponíveis e texturas acredito que venham a aumentar também...ainda mais com essa tecnologia frenética!
      Beijos,
      Grazi

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oie Ana!
      Não, por isso também são muito usados em fábricas.
      Beijos,
      Grazi

      Excluir

Tecnologia do Blogger.